Bento XVI festeja os 88 anos com orações e poucas visitas

Nesta quinta-feira, 16, o Papa emérito Bento XVI completa 88 anos. Este domingo, 19, marcará os 10 anos de sua eleição como 265º Papa da Igreja Católica. O Papa Francisco ofereceu a Missa de hoje na Casa Santa Marta ao Papa emérito: “Quero recordar que hoje é o aniversário do Papa Bento XVI. Eu ofereci a missa por ele e também convido todos a rezar por ele, para que o Senhor lhe sustente e lhe dê muita alegria e felicidade”.

Como no ano passado, Bento XVI não participará de nenhuma celebração pública e passará estes dias em clima de recolhimento e oração, sem festejos especiais. Seu secretário particular, Dom Georg Gänswein, disse que Bento XVI está bem, para a sua idade e caminha todos os dias cerca de meia hora nos Jardins Vaticanos. “Em geral eu vou com ele, rezamos juntos o terço. Ele, que sempre teve passo rápido, agora, seguindo conselho médico, usa um andador em seus passeios, e em casa, uma bengala”, comentou o arcebispo, em recente entrevista.

Dom Georg disse ainda que o Papa emérito, durante o dia, reza, lê, estuda, responde a muitas cartas e frequentemente toca piano à tarde, mas não se dedica mais a escritos teológicos ou científicos; diz que com os três volumes sobre Jesus concluiu a sua obra. Quando completou 87 anos, o Papa Francisco o felicitou por telefone e o recordou na celebração da missa na Capela da Casa Santa Marta, convidando os fiéis a rezarem por ele.

Joseph Ratzinger celebrou seu último aniversário como Papa aos 85 anos. Em 16 de abril de 2012, iniciou o dia de seu aniversário celebrando uma missa na Capela Paulina do Palácio Apostólico Vaticano com a presença de seu irmão, um grupo de bispos da Baviera e uma delegação desta região alemã.

O “último período de sua vida”

Bento XVI disse que se encontrava diante do “último período de sua vida” e que não sabia o que o esperava”, mas afirmou que “a luz e a bondade de Deus são mais fortes do que qualquer escuridão e de qualquer mal deste mundo”.

Orações, música, poucas visitas, uma vida de ‘monge’: é o que quer ser Papa emérito, desde que renunciou à Sé de Pedro, em 11 de fevereiro de 2013. “No entanto, o pensamento da morte se faz cada vez mais presente”, revela ainda seu secretário, Dom Georg.

“Falamos sobre isso muitas vezes, mesmo sendo ele pessoa muito discreta e reservada. Sua vida é uma arte cristã, porque se preparar para a morte significa preparar-se ao encontro com Deus, um encontro decisivo”.

Joseph Ratzinger nasceu em 16 de abril de 1927 em Marktl am Inn, município da Baviera, no sudeste da Alemanha. Estudou na Escola Superior de Filosofia em Freising e na Universidade de Munique. Foi ordenado sacerdote em 29 de junho de 1951.

Pouco se sabe de sua agenda diária, mas no último dia 11 de abril, o Papa emérito recebeu a visita de seminaristas das Dioceses de Munique e Freising.

 

Com informações da Canção Nova